Como surgiu?

A ideia pioneira de sua criação aconteceu devido à visão estratégica e olhar diferenciado da atual gestão da CBHb, comprometida com a importância da participação e integração da mulher.

A formação do Comitê de Políticas para Mulheres no Handebol foi iniciada por meio de um convite feito a cada uma das mulheres que ajudaram a traçar os rumos do Comitê.

Em concordância com a visão de que as mulheres podem, e devem, contribuir para a melhoria do esporte moveu um grupo com mulheres envolvidas, de alguma forma, com o handebol brasileiro e, muitas vezes, internacional.

O grupo começou com 26 mulheres atuantes no handebol e, a partir desse grupo, formou-se um ‘núcleo duro’, composto por 13 integrantes. O grupo é composto de mulheres das mais diversas partes do país e atuam em diersos segmentos da modalidade. Hoje, compõem o Comitê 11 mulheres que têm um objetivo em comum: Melhorar o handebol brasileiro por meio das relações das mulheres junto à modalidade.

A nossa gestão da Confederação Brasileira de Handebol ( CBHb), comprometida com a importância da participação e integração da mulher, em todas as ações e departamentos da CBHb, propôs de forma pioneira  a criação de um Comitê de Políticas para mulheres,  que possa  com uma visão estratégica e um olhar diferenciado, contribuir para o desenvolvimento do Handebol Feminino no Brasil .

Em concordância com a visão de que as mulheres podem, e devem contribuir para a melhoria do esporte foi feito um convite para mulheres que são referência na modalidade em várias áreas de atuação em diferentes regiões do país. Um grupo de 11 mulheres envolvidas, de alguma forma, com o Handebol brasileiro e, muitas vezes internacional aceitaram o desafio e se comprometeram voluntariamente a trabalhar pela modalidade junto a CBHb. Em 05 de julho de 2021,foi publicado, no site da CBHb, a criação do Comitê.

 

Qual sua finalidade?

Num ambiente historicamente dominado por homens, o Comitê se propôs a quebrar paradigmas com a participação de toda a comunidade do handebol e trabalhar essa conscientização em algo que deveria ser natural, além de oferecer uma nova filosofia à instituição, com respeito, igualdade e mesmas oportunidades.

Elevar a mulher a uma condição melhor, detectar suas necessidades e dificuldades no crescimento da modalidade e atender essas mulheres que desenvolvem e estruturam o nosso esporte, através de ações e políticas de inclusão, integração e maior participação da mulher no handebol.

Acreditamos que o Comitê é um passo importante para o handebol brasileiro melhorar e progredir, uma vez que o trabalho em conjunto a outros departamentos da CBHb, é parte fundamental para juntar forças em prol do esporte.

 

Quem somos?

Um grupo de mulheres altamente empoderado, ligadas ao handebol, numa composição específica, com representatividade nas diversas áreas junto à CBHb.

Composição: nomes/mini-currículo/área de atuação no comitê...

Raquel – Coordenadora Geral: Inteligente, Competente, Bonita, Responsável, Dedicada, Maravilhosa, etc...

Eu inverteria

O Comitê já iniciou suas ações

Ações já realizadas.....

E não podemos parar por aí....

 

Ações já realizadas pela gestão com suporte do CPMHb

Suporte e atendimento às atletas e membras das CT, amparando-as nas situações de gravidez.

Inclusão de mulheres na chapa da CBHb.

Indicação de mulheres para o STJD.

Nomeação de comissões disciplinares de justiça feminina.

Instituição do dia da Mulher Handebolista em 22/12

E não podemos parar por ai....

 

O CPMHb já iniciou suas ações

Fazer um levantamento das mulheres envolvidas com o handebol em todo o território brasileiro.

Criar um cadastro para as mulheres junto ao CPMHb.

Atuar junto aos deptos da CBHb contribuindo para o desenvolvimento de todos os projetos e programas..

Propor e realizar eventos e palestras com temas que envolvam as mulheres: DST, assédio, violência, capacitação de mulheres para atuar no handebol, entre outros.

Criar uma ouvidoria e ser um canal de comunicação direta para sugestões e de denúncias no atendimento às mulheres.

Oferecer suporte psicológico e jurídico às mulheres ligadas ao handebol, contra abusos, preconceitos e desvalorização.

 

JUNTEM-SE A NÓS

Representantes Municipais, Estaduais e Regionais.

Região 1 – Santa Catarina/ Paraná / Rio Grande do Sul

Região 2 – São Paulo / Rio de Janeiro / Minas Gerais / Espírito Santo

Região 3 – Distrito Federal / Goiás / Tocantins / Mato Grosso / Mato Grosso do Sul

Região 4 – Bahia / Sergipe / Alagoas / Pernambuco / Paraíba

Região 5 – Rio Grande do Norte / Ceará / Piauí / Maranhão

Região 6 – Acre / Amazonas / Amapá / Roraima / Rondônia / Pará

 

Formulário de Cadastro

 

Instagram

 

Download de Anexos

Acesse abaixo os arquivos correspondentes.

# Data
  CPMHB Ofício 003/2021 30/09/2021 14:32
  CPMHB Ofício 001/2021 30/09/2021 11:48

 

Navegação

Apoiador

Parceiros Institucionais

Filiado A